X
nome * enderezo electrónico * enderezo postal concello teléfono * mensaxe *
adxunto
código de seguridade *
imaxe de seguridade
cambiar código
* campos obrigatorios
luns, 26 de xuño de 2017

pesquisar

subscrición

recibirá vía e-mail toda a información de interese
sitios de interese

Anova - Irmandade Nacionalista

14 de xullo de 2012

Web provisoria da ANOVA - Irmandade Nacionalista, constituída o pasado sábado 14 de xullo en Compostela e recollendo logo de 223 anos os ideais de liberdade, fraternidade e igualdade da Revolución Francesa.

ir ao sítio...

SLG

A toxicidade en persoas e fauna das fumigacións aéreas da Xunta

ir ao sítio...

Liga Estudantil Galega

Liga Estudantil Galega

ir ao sítio...

Terceira Carta às Esquerdas

Interesante artigo de Boaventura de Sousa Santos

ir ao sítio...

Mocidade Irmandinha

Grupo de Traballo de Mocidade do EI

ir ao sítio...
ver máis sitios de interese...
OPINIÓN DO MUNDO Recollido doutros medios

Robin Blackburn: CRISE 2.0

Traducido por Xosé M. Beiras

12/04/2012 Por consideralas de especial interese para nós, e maiormente no contexto circunstancial das agresións políticas que estamos a aturar dos actuais governos central e autonómico do PP, escolmamos e reproducimos a seguida as seccións III e IV, e máis o colofón, deste lúcido e criativo ensaio de Blackburn. (N. do T.).

ler máis...
OPINIÓN DO MUNDO Recollido doutros medios

Manifesto dos economistas aterrorizados

18/11/2011 Aparentemente, o autismo dos economistas da corrente dominante começa a ser abalado pela presente crise do capitalismo. Este manifesto da Associação Francesa de Economia Política é um indício de uma inquietação que começa a aflorar. Entretanto, os signatários ainda estão longe de uma ruptura radical com o pensamento dominante e, menos ainda, de preconizar uma ruptura com o capitalismo – pretendem apenas consertá-lo e parecem acreditar que isso seria possível. O que os aterroriza são os piores excessos do neoliberalismo e não o capitalismo. As reformas que preconizam estão longe de serem uma panaceia e a sua exequibilidade parece duvidosa sob a actual correlação de forças, ou seja, sob a quase absoluta ditadura do capital financeiro. A presente publicação neste sítio destina-se a documentar uma incomodidade (louvável) que agora começa a afectar economistas não marxistas.

ler máis...
©  Encontro Irmandiño, 2011
Apartado de Correos 356  |  15010 A Coruña
aviso legal